onselectstart='return false'>

Somos Feitos De Outono

24 dezembro 2012



Somos feitos de outono.
Somos folhas que se desprendem de suas árvores e bailam pelo ar numa dança infinita e intima.
Sopradas pelo vento balançando e aproveitando os segundos do momento.
Descompassados, flutuamos sobre a melodia rimada naqueles sons nostálgicos.
Sussurrando cada nota transpassada em teus ouvidos e sentir teu respirar desconcertante.
Poderia escrever mil livros sobre teu sorriso
Sorriso lindo que atrai meus lábios que se apressam desesperadamente ao seu encontro.
Feche os olhos e sinta todas estas palavras se encaixarem em teu coração.
Nesta manhã morna cantarei teus sonhos para que meus sentidos despertem com o amanhecer.
Apenas toque as pontas dos meus dedos e com firmeza segure em minha mão para que o mundo não atrapalhe nossos passos e nem seus abalos nos façam perder o equilíbrio nesta rua enflorecida.

Somos feitos de nós que se completa em cada articulação e nossos sonhos se propagam ao pôr do sol.
E em cada estação seremos apenas nós, sem outras definições ou conceitos tolos que não servem de nada.
Irei te conduzir nestes passos cheios de leveza com a certeza de que o céu não será o teu limite. apenas será uma escada para que alcance a felicidade em sua perfeita forma.
Desenharei teu rosto em uma folha que se desprende de sua árvore e baila pelo ar numa dança infinita e intima apenas pra te lembrar que somos feitos de outono.

2 comentários:

Carolli Márol disse...

Vi em primeira mão,e olhe que estamos no verão (?) KKKKK
Resbucadamente outonal,queria dizer algo mais cult mas eu sou sem noção de cultilezas. Sorry

Bruna Santana disse...

Você sempre me surpreendendo com suas inspirações da madrugada! É sempre uma honra ler seus versos e visitar um espaço tão bom quanto este =)
Parabéns Gugliss!!!