onselectstart='return false'>

Vômito das Nuvens

30 setembro 2012




Em um dia ocioso resolvi voar por ai, subi além de nuvens embriagadas de gotas prontas para vomitar a chuva sobre o solo e sobre o solo pessoas corriam desvairadas por causa do vômito das nuvens.
Sem pestanejar, abri os braços e segui adiante onde até mesmo os aviões não suportariam e suas asas de aço são bem mais frágeis que minhas asas imaginárias que desenvolvi em um instante.
Decidi não mais me equilibrar na corda bamba da vida e resolvi então me jogar, pois uma mão para amparo estaria lá embaixo se minhas asas queimassem.
Respirei o ar rarefeito que invadia os pulmões, esqueci meu falso medo de altura e descansei na lua minguante só para poder tomar um fôlego para partir em uma nova jornada de descobrimentos.

Fuga!

Fugi realmente de tudo que me prendia aqui embaixo ou lá embaixo não sei definir onde estou agora, mas essa é uma boa sensação e devo aproveitá-la, mas decidi me recompor em meus horários de devaneios para que um outro momento pudesse voar novamente junto com os pássaros que enfeitam o céu de tua boca.
Lá do alto onde as estrelas cadenciam seus brilhos me lembrei de uns momentos que viam se desnudando em minha mente os quais já estavam quase perdendo o foco e se desmanchando no ar e pude voltar à vida outra vez, sendo que esta já não fazia mais parte de mim.
Para não perder o sentido do que é viver retornei para aquele mesmo ponto de partida que me fez ver o quão ridicularizado está o mundo com sua ilustre soberba a qual enche os olhos de muitos que não conseguem enxergar a si num espelho, seu reflexo embaçado e desfigurado diante de uma face flácida e sem expressão.
E por vários outros motivos pude perceber que minha percepção estava um tanto incorreta e depois disso tudo, agora entendi por que Deus habita nos céus, porque nenhum outro lugar (além dos nossos corações) suportaria seu amor em essência e sua plenitude em excelência.


1 comentários:

Carolli Márol disse...

"agora entendi por que Deus habita nos céus, porque nenhum outro lugar (além Hospedagem Sites dos nossos corações) suportaria seu amor em essência e sua plenitude em excelência." PALMAS!